.nove filmes espanhóis.

Eu gosto muito de alguns filmes espanhóis. Porque me tocam, porque se aproximam da realidade dura, porque são retratos muito bem tirados de histórias de vida, de momentos, de personalidades. Muitos deles me induziram a rever certezas, ideais, desejos e ideias que tenho (tinha) sobre como a vida é, de fato. E por isso resolvi fazer a uma lista aqui, porque são filmes que me pegam pelo pé e tumultuam minha cabeça durante vários dias e noites. Acho-os, antes de tudo, necessários:
Ano: 2004
Diretor: Alejandro Amenábar.
Baseado na vida real de Ramón Sampedro, marinheiro que ficou tetraplégico após um acidente de mergulho, mostrando sua luta pelo direito de acabar com a própria vida.

Ano: 2006
Diretor: Pedro Almodóvar
O filme é sobre morte, família e duas irmãs.

Ano: 2005
Diretor: Ricardo de Montreuil
Após dez anos de casamento, Zoe sente-se entediada com a vida monótona e sem surpresas, deixando-se seduzir pelo cunhado.

Ano: 2006
Diretor: Guilherme del Toro
Um filme de fantasia sobre uma menina de 10 anos em meio à Guerra Civil espanhola, em 1944.

Ano: 2003
Diretor: Izabel Coixet
Inspirado num conto de Nanci Kincaid, sobre uma jovem que descobre ter pouco tempo de vida e por isso assume certas missões antes de partir.

Ano: 2001
Diretor: Julio Meden
Lucía  é uma jovem em meio a uma relação ardente e conturbada com um escritor, que desaparece às vésperas de uma viagem do casal para uma ilha no mediterrâneo.

Ano: 2004
Diretor: Pedro Almodóvar
Dois meninos conhecem o amor, o cinema e o medo num colégio religioso no início dos anos 60, e mais tarde se rencontram.

Ano: 2008
Diretor: Woody Allen
Sobre duas americanas de personalidades e vidas bem diferentes que viajam para Barcelona em férias por três meses.

Ano: 2004
Diretor: Isabel Coixet
Hannah  é introvertida, solitária e misteriosa. Ela vai passar as férias num pequeno povoado costeiro, em frente a uma plataforma petrolífera. Um incidente faz com que ela permaneça alguns dias na plataforma cuidando de Josef, que sofreu uma série de queimaduras que o deixaram cego temporariamente.
z6 z1 z3
  z8  z2
Arquivo: 2009

Comentários

Comentários