.chuva, chuvisco, chuvarada.

Chuva segue curso, desfaz nuvem e lava a alma. Acalma dias quentes. Desmonta certezas, convicções e segurança. Faz barulho que abraça, faz estrondo que assusta. Faz crescer raiz, florescer, frutificar, mas também derruba galho que não é firme. Debaixo de teto resistente é bonita de ver. Ao relento, traz medo e aflição. É o contrário de seca que assola. Força que afasta o que é árido. Metáfora perfeita pras variantes da vida e as sensações que a preenchem. Escorre, percorre, precipita. Temporal leva junto o que faz mal. Tem que ser mar pra entender. Aguaceiro deve ter canto pra correr. Terra boa pra sorver. Pé d’água pode cair em rio que é livre. Não há tempestade que dure pra sempre. Estiagem, do mesmo modo, precisa passar. Há chuvisco companhia, chuvarada que é aconchego.  A gente percebe de onde se está. Abrigo também é poesia. Alma feita de sol aproxima o arco-íris. O tempo é bom quando chove. Deixa cair.

chuva_Leonid Afremov




Playlist: Chove lá fora 

Resultado de imagem para spotify

Comentários

Comentários