.fartura pra sermos completos.

Copo meio cheio, copo meio vazio. Corpo meio cheio, corpo meio vazio. Gente também precisa de recheio. Densidade e conceito. Mente sempre cheia, só de vez em quando, vazia. Alma meio cheia, alma meio vazia. Pessoas de barriga cheia, pessoas de barriga vazia. Que toda carência de significado e arrimo seja, deveras, satisfeita. E que […]

.muito pouco ou quase nada.

Todo dia tem história nova. Todo santo dia tem história velha que vai ficando pra trás. Da missa, não se sabe um terço. Não dá mesmo pra saber de tudo. Vai sempre faltar um detalhe. Tem um provérbio que diz que pra perguntar é preciso saber. Mas sobre o quê? Sobre quem? É impossível entender […]

.conexão.

O mundo caos mostra em tempo real quase todas as suas mazelas. A cada piscada cotidiana, uma lágrima cai em outro lugar por fome, por medo, por uma injustiça qualquer. Tem bomba, tiro e catástrofe pra todo lado. A natureza se rebela e as pessoas se ferem mutuamente. Tem jogos de poder e falta de […]

.pequenas coisas em suspenso.

A fragilidade como gatilho para a intensidade. Todos temos pequenas coisas em suspenso. Grandes coisas em estado de espera, mesmo estando tudo por um triz. Mesmo quando se sabe que a vida é breve e as chances, mais breves ainda. O único bem real é o momento agora. O único tesouro de valor é o […]

.para alcançar quem somos.

Para alcançar quem somos é preciso olhar para além dos contornos e dos reflexos. Captar as nuances de cada defeito e encontrar as modulações de toda característica. Olhar atento. Para entender o que nos trouxe até aqui: remontar história, decifrar contextos e sonhar alto. Refletir sobre o que há de controverso, e não se deixar […]