.plano de aula: 9 de março. Parte 2.

As escolas da Prefeitura de São Paulo possuem Salas de Leitura repletas de livros lindos. A da minha escola leva o nome de uma mulher: Marina Colassanti. E dentro da sala se escondem muitas outras autoras que merecem ser descobertas. Eu digo descobertas, porque ainda se estudam poucas mulheres em comparação com o monte de escritores […]

.plano de aula: 8 de março.

Todo dia, a escola repete erros milenares que subjugam as mulheres. Há mais professoras, diretoras e coordenadoras, e mesmo assim somos representadas por homens na Secretaria da Educação e no Sindicato. As filas são divididas em meninos e meninas. A gente ouve frases como “isso não é coisa de menina”, “não tem letra de menina”, […]

.as mulheres da minha estante.

Eu gosto de ler. Sempre gostei. Minha casa é cheia de livros. Tenho estantes recheadas deles, sobre os mais diversos temas. Se você olhar com atenção vai achar um monte de poesia, conto, crônica e romance, além de uma porção de gramáticas, dicionários e livros de teoria literária. Tem também bastante de história, geografia, sociologia […]

.as mulheres todas juntas.

No último mês (ou meses), uma porção de pequenos e grandes movimentos virtuais e físicos colocaram no trombone a voz de muitas mulheres: feministas militantes, feministas aspirantes, curiosas abertas ao debate e moças que nunca tinham se dado conta da quantidade imensa de questões que nos atingem violenta e silenciosamente todos os dias. Como não poderia […]