.meninas feministas.

Dia 8 de março foi o Dia da Mulher, mas todo dia é dia de a gente pensar sobre o que é possível fazer para minimizar os danos da nossa sociedade machista e começar a construir uma sociedade com mais igualdade.

Nesse post, quero dividir 3 livros incríveis para pais, professores, crianças e adolescentes. Os três são escritos e/ou organizados e ilustrados por mulheres, o que já é maravilhoso por si só.

O primeiro livro é da escritora nigeriana Chimamanda Ngozi Adichie, e chama-se Para educar crianças feministas.

Escrito em forma de correspondência, sua leitura é leve e rápida, mas promove uma série de boas reflexões sobre nossas ações do cotidiano. Fala do exemplo, de autoestima e de criticidade. Deveria ser leitura obrigatória para toda professora e mãe de meninas.

O segundo livro é da paulistana Pri Ferrari, e nasceu do apoio de outras pessoas através de uma canpanha de financiamento coletivo. Acho válido ressaltar isso, pois demonstra que tem muita gente legal apoiando essa ideia.

Seu nome é Coisa de Menina. E desconstroi com muita delicadeza e beleza a ideia de que meninas nasceram para ser apenas princesas, mães e bailarinas. Toda menina deveria saber, desde sempre, que ela pode ser o que quiser.

E o terceiro livro chama-se 50 Brasileiras Incríveis para conhecer antes de crescer. Ele é organizado pela Débora Thomé, mas contou com a contribuição de muitas outras mulheres ilustradoras, designers e pesquisadoras.

É um livro lindo, completo e cheio de conteúdo. Eu mesma não conhecia algumas das personagens que ocupam as páginas…

Entre as coisas bacanas, o livro tem um espaço para que o leitor escreva sobre outras mulheres da sua vida. Achei fantástico. Afinal, quem é que não tem uma heroína da vida real para chamar de sua, não é mesmo?!

Comentários

Comentários