.elo.

O mundo não tinha fronteiras. A pangeia não tinha divisões. Os movimentos da Terra afastou continentes. E daí em diante: rachaduras, fissuras, limites. A gente aprendeu a separar mais ao invés de juntar. Dividimo-nos em hemisférios, países, estados, cidades, bairros. Não satisfeitos, separamo-nos em periferia e centro. Criamos linhas no chão que nos separam em […]

.somos.

o que é secreto e sagrado o que dá sentido o que é sábio e suave que serena os dias que sustenta alma e coração sol e samba seio e sangue sonho e sensação sujeitos que circundam certezas que se abalam céu e silêncio solidão e pensamento sina e gana seguimos sim, sendo sempre a simbiose das […]

.profundidade.

É preciso urgentemente chegar ao que é de fato profundo, além de sorriso de redes sociais, além de lágrimas de crocodilo, além dos títulos das reportagens. É preciso olhar além da superfície, por baixo das camadas de BB Cream e pancake, e por baixo da cobertura de glacê. É de suma importância chegar às pedras […]

.pra lembrar.

Onde for Sem ter dor Eu tua cor Só amor Tu em mim O meu sim Sem ter fim Tu assim Uma lua Eu na tua Tu na rua Eu tão nua Eu teu Ar Tu meu mar O luar Nosso lar Sob o céu Tu meu mel Eu teu cais E tu me traz […]